Dicionário do Dudu: as primeiras palavras

Faz duas semanas que o Dudu começou a falar.

Antes era pápápá o tempo todo, mas agora ele tem seu próprio vocabulário, MUITO mais rebuscado. Em ordem de aprendizado:

Ele chama a cadeira de alimentação dele de Pápápá também.

Gô também serve pra qualquer esporte que passe na TV e tenha bola, e às vezes quando não tem bola ele também fala Gô. Na verdade mesmo, quase tudo redondo é Gô. Às vezes não precisa nem ser redondo. Mas sempre que olha pra bola sai um Gô! Confuso?

Uaua às vezes também é auau, ele só não aprendeu que as palavras têm um final. Aí fica: uauauauauauau… Não entendi porque, mas sempre que ele vê botões, também fala auau (ou uaua). Alguém entende onde está a ligação entre botões e animais? Esse meu filho é um gênio!

Ah, ele também fala ô-ô-ô pro OiOiOi da Avenida Brasil.  Dança balançando a cabeça, grita, pula (do jeito dele, com os pés no chão)! Quando acaba ele fica bravo e pega o controle remoto, aponta pra TV que é pra eu passar de novo (eu gravo a novela pra assistir de manhã)! Acho que eu volto umas 5 vezes no mínimo!!! Mereço? hahaha.

Beijocas!

Anúncios

É o fim do escorregão

Eu não aguentava mais segurar o Dudu pelos bracinhos quando o coitado escorregava durante o banho. Também nunca gostei de usar aquele encosto verdinho que vem com a banheira. Comecei então a procurar na internet tapetes antiderrapantes pra banheira de bebê.

No mesmo dia fui no supermercado e encontrei um tapete, desses normais de box mesmo. Pensei que poderia ficar bom na banheira e levei pra testar. Embora apareçam as bolinhas, ele tem a superfície completamente lisa, então não marca nem machuca. Tem ventosas no verso e grudaram muito bem na banheira.

Notícia boa: Paguei R$16 contra R$100 do que eu iria comprar da NUK

Notícia ótima: Encontrei na TOK STOK o mesmo tapete, i-dên-ti-co, por R$119

Notícia marromeno: Joguei fora a embalagem e não lembro mais a marca, mas acho que tem em qualquer supermercado.

 

Produtos que o Dudu usa

Meninas,

Resolvi mostrar hoje os produtos que eu uso no dia a dia do Dudu. Já testei muitos, mas essas são as minhas marcas favoritas. Abaixo comento sobre cada um deles.

Pomada de assaduras Desitin: Tenho a azul pro dia a dia, tem um cheirinho ótimo. Nada a ver com aquele aroma de peixe conhecido entre as pomadinhas, hehe. Uso a roxa quando ele está com a pele mais sensível, essa sim tem um cheiro um pouco marcante, mas é ótima e protege muito. Ah, o potão dura uns 4 meses!

Lenços umedecidos Johnsons baby: Só uso esse ou o Huggies Turma da Mônica.

Shampoo e Sabonete Turma da Mônica: Tem o melhor cheirinho de bebê. De vez em quando compro Johnsons, mas o da Mônica é muito mais cheiroso (e o cheirinho fica) e geralmente mais barato.

Rinosoro infantil: Como o Dudu tem rinite eu sempre lavo o nariz dele com esse produto. Antes eu usava o de conta gotas, mas agora que ele esta maiorzinho uso o spray e acho mais confortável pra ele.

Talco em creme Mamãe e Bebê: Minha mais nova descoberta, adorei. Troquei pelo talco líquido. Passo atrás do pescoço pra não assar.

Perfumes: Burberry Baby Touch, Turma da Mônica e Mamãe e Bebê. Ultimamente tô viciada no Mamãe e Bebê. O Dudu sempre tá cheiroso!

Ah, ia esquecendo de falar das fraldas! Durante o dia uso a Pampers Total Confort e pra noite uso a Pampers Diurna e Noturna, essa última é muito boa, dá pra usar só ela!

É isso!

Beijinhos e até o próximo post.

Compras em Las Vegas + Sorteio!

Oiii meninas!

Semana passada eu tirei férias da minha vida alucinante e frenética! Só não sei dizer se descansei ou cansei mais ainda. O destino: Las Vegas. A cidade estava lotada por conta do Memorial Day, um dos maiores feriados do EUA. Como não sabíamos, fomos!

Foi a primeira vez que fiquei mais de um dia longe do Dudu. Só fiz isso porque fiquei muito segura, pois ele está super acostumado com minha mãe e minha sogra. Conversei com o pediatra também, pra saber se não seria ruim pra ele, se ele iria esquecer da gente, essas neuroses de mãe.. Ele foi bem claro e disse que não teria problema desde que ele estivesse super familiarizado com o local que ficou. Bingo!

A gente que acompanha todo dia não consegue ter noção da evolução de um bebê de 9 meses, em uma semana. Deixei um bebê e peguei outro, kkk! Depois conto detalhes..

Além dos shows, restaurantes e baladas (essas eu pulei quase todos os dias. cansaço. tô velha), aproveitamos intensamente as compras. Voltamos com um carregamento, eu tinha até foto mas não sei aonde foi parar.. cadeirinha do carro, cadeira de alimentação, volante e pedal de playstation (contra a minha vontade. zero pra mim!), roupinhas pro Dudu.. e lógico, que como também sou filha de Deus, roupitchas e makes pra mim!

Dicas de compras: Pro Dudu eu comprei mais no Outlet (gostei do Premium, north). Tem as lojas mais conhecidas e baratinhas (Carters, Gymboree, Ralph Lauren Kids, Tommy). E os achados semi de graça, foram na Ross e TJ Maxx. Comprei camisetas da CK Baby por 2 dólares.

Ah, lógico que eu não esqueci das minhas leitoras “buchudinhas” (com carinho, ok?) e dei uma furuscada nas lojas de gestante. Tem uma Motherhood Maternity muito boa no Premium. Os preços estavam realmente baixos. Encontrei calça jeans por U$19. No Fashion Show Mall tem uma grande também (esqueci o nome, sorry!). Os preços são mais altos, calças na faixa de U$90. Eu, como boa pechincheira que sou, nem preciso dizer qual eu recomendo!

Eu olhava tudo de bebê e me dava vontade de comprar. Aí pensei: Por que não presentear minhas leitoras? Eu ia publicar isso num post separado, mas como sou afobada já vou largando aqui. Montei um kit pra sortear no blog, com utilidades pras grávidas e mães de recém nascidos.. tem bolsa, manta, babeiros, toalha.. e por aí vai!

Pra participar será muito simples. Basta curtir nossa página no facebook aqui e compartilhar com seus amigos a foto do kit, que vou colocar durante essa semana. Já vai curtindo lá então amigueee!

Agora vou descansar porque ainda não tive coragem de desfazer as malas! Pior parte, pra mim.

Beijo Beijo!

Todo dia é dia de ser mãe

Eu sei que meu blog é sobre maternidade e não teve post no dia das mães. Desculpem, mas me preocupei em aproveitar o dia com meu filhote e refletir, sobre o que é, realmente, ser mãe para mim. E contar pra vocês depois, lógico.

Antes de falar do meu dia, quero deixar um recado para todas as mães que passam por aqui. Porque não tem dia certo pra dar os parabéns. Mãe é todo dia, toda hora, faça chuva, faça sol. Então hoje, que não é o Dia das Mães, mas é dia de ser mãe, eu desejo um ótimo dia a todas essas mulheres, que todos os dias abrem mão de um pedaço da sua vida para colocar uma pessoa neste espaço: nosso filho.

Também quero deixar outro recado, este é para as que ainda não são mães. Incluo nessa categoria as tentantes, “evitantes” e grávidas.  Se eu consegui, você consegue! Isso mesmo. Todo mundo sabe que eu estava na categoria das “evitantes” quando descobri que o Dudu estava chegando.  Até hoje eu escuto frases do tipo: “Nossa, eu esperava de todo mundo, menos de ti” e “Bia eu nunca imaginava que tu irias ser mãe”. Isso porque nunca fui vista como sentimental e jeitosa pra coisa. Mas sempre chorei nos comerciais mais tolos, novelas e filmes! Haha. Outra que escutei nesse fim de semana: “Percebi que os brutos também amam”. Né, Kris?

Bom, o que eu quero dizer com isso tudo. Não tenham medo, a coisa flui que é uma maravilha. Quando o Dudu nasceu eu senti que sabia exatamente o que fazer, em cada situação. Hoje ele é a minha grande motivação, razão do meu viver e maior amor do mundo. Digo isso sem medo.

Coisas que fizeram meu dia das mães valer a pena:

Feliz todo dia das mães!

Beijo grande.

 

Canguru: o jeito certo de carregar o bebê

Oi meninas!

Hoje de manhã resolvi aposentar o carrinho e sair pra passear de canguru com o Dudu. aí coloquei essa foto no meu instagram

Logo em seguida uma amiga minha comentou e me enviou essa foto, que explica a posição correta das perninhas do bebê ao usar o canguru. Como eu raramente uso, não sabia disso. Achei importante compartilhar:

O lado esquerdo mostra a posição errada, e o direto a certa.

Recomendo ter um canguru ou um sling. No aeroporto foi o salvador! Viajei duas vezes sozinha com ele, é indispensável na hora da esteira e do check in!

Beijocas.

Mala do Dudu: Check!

Sempre que vou viajar com as MALAS do Dudu e com ele (nessa ordem, porque as marditas ocupam 30 vezes o espaço do menino) juro que dá a maior vontade de chorar só de pensar em começar a reunir os trapos. Pra melhorar, ele está na fase de papinhas caseiras. Então, além de toda a quinquilharia, ainda tenho que me preocupar com as comidinhas exclusivas do Dudu. Solução: uma linda caixa térmica, cor verde limão, que nos acompanha a partir de agora, com gelo e papinhas.

Essa foi a saga desse final de semana, da semana que vem e de vários outros dias. Adoro sair e levar o Dudu pra lá e pra cá. É um bebê super sociável e se adapta muito fácil, acho que acostumei ele assim (momento mãe se gabando).

Passamos o fim de semana em um resort cansando. Sim, CANSANDO. Com o Eduardo tocando o terror a todo vapor, sobrou para os pais entreterem a ferinha ao invés de desfrutar da natureza e paz do local. Faz parte. Amei muito. Mas cansei.

Pra facilitar a minha vida, fiz um check list com tudo que eu preciso levar quando viajo com o Dudu e salvei no celular. A conferência é sagrada, mas lógico que eu sempre esqueço alguma coisa. Dessa vez foram as fraldas de piscina. O coitadinho ficou de fralda normal, só que aquele treco enchia tanto que parecia que tinha um baiacu na bundinha. Aí resolvi tirar por uns minutinhos rezando pra ele não fazer número 2 na piscina. Ufa, não o fez!

Esses são os itens que eu tenho na minha lista:

  • Documentos
  • Farmacinha (medicamentos do dia a dia e termômetro)
  • Roupa de cama
  • Toalha de banho
  • Toalha fralda
  • Roupas de frio
  • Roupas de calor
  • Meias
  • Sapatinhos (não estou usando, mas deixei na lista)
  • Babeiros (ou babadores)
  • Paninhos de boca
  • Fraldas
  • Lenços umedecidos
  • Pomada
  • Shampoo, sabonete e perfume
  • Escovinha de cabelo
  • Tesourinha de unhas
  • Babá eletrônica
  • Brinquedinhos
  • Chupeta
  • Cheirinho (de dormir)
  • Mamadeiras
  • NAN
  • Papinhas congeladas
  • Comidinhas (biscoitinhos, agua de coco em caixinha, etc.)
  • Carrinho

Se for à praia:

  • Protetor solar
  • Fralda de piscina
  • Toalha de praia
  • Chapeuzinho
  • Bóia

Apenas isso.

Agora vou finalmente descansar. Fiquem com a imagem do Dudu curtindo uma pós piscina hoje.

Boa noite a todas!

Beijos

 

Qual carrinho comprar?

Essa é uma dúvida que eu aposto que qualquer mãe de primeira viagem tem. São tantas novidades, marcas e modelos que até atrapalham a escolha. Quando eu pensava que estava decidida sempre aparecia um modelo mais tentador!

Esses foram os meus wish itens, que como o nome já diz, ficaram só na vontade. Quem sabe numa próxima..

Missoni para Bugaboo

Quinny

Vou falar de 3 estilos que eu fiquei em dúvida e minha opinião sobre eles:

1. Travel System: Geralmente faz a melhor relação custo/benefício porque acompanha o bebê conforto e a base para o carro, itens de compra obrigatórios. Comprei este modelo. Alguns acompanham moisés.

Eu escolhi o da Graco, modelo Alano – Kinsey.  Li nos reviews que era um dos mais leves da categoria, inclusive do que os da marca concorrente Chicco. É Legal prestar atenção neste detalhe porque alguns são realmente uns trambolhos. Mandei trazer dos Estados Unidos e saiu muito mais barato. Paguei 200 dólares e o mesmo jogo de carrinho aqui custa aproximadamente R$1.500,00.

Graco Alano - Kinsey

Depois de ter comprado o meu, descobri esse Loola – Bebe Comfort. Ele de fato é mais compacto do que o da Graco e tem a opção de usar só o bebê conforto no suporte do carrinho nos primeiros meses, economiza muito espaço. Além disso, o fechamento dele é tipo guarda-chuvas. Pela diferença de valor acho que vale a pena levar este. Para quem vai comprar aqui no Brasil, custa por volta de R$1.700,00. Outro detalhe importante é que ele não é vendido nos Estados Unidos. Vasculhei por tudo na internet e não encontrei, ele só é vendido na Europa.

Loola Bebe Comfort

2. Jogging (3 rodas): Ideal para quem sai bastante em locais abertos, proporciona mais conforto para o bebê porque sacode menos. Sempre vejo uma mãe correndo com seu filho na Beiramar com esse carrinho e acho muito cool. Ouvi dizer que é mais largo do que os tradicionais e para locais mais estreitos, como um corredor de loja, ele pode ser meio grande.

Jeep - Jogging

3. Compacto (estilo guarda-chuvas): O mais prático de todos. Ótimo para passeios mais rápidos e para bebês maiores de 6 meses. A maioria deles não reclina completamente. Com certeza vou comprar um desses pra deixar no porta-malas do carro e deixar o carrinho maior em casa para passeios a pé ou viagens.

Chicco - compacto

Detalhes importantíssimos: Verificar se a marca tem assistência técnica na sua cidade (no caso de quem vai comprar fora) e ver se o modelo escolhido cabe no porta-malas do seu carro.

Boas compras!!!