Todo dia é dia de ser mãe

Eu sei que meu blog é sobre maternidade e não teve post no dia das mães. Desculpem, mas me preocupei em aproveitar o dia com meu filhote e refletir, sobre o que é, realmente, ser mãe para mim. E contar pra vocês depois, lógico.

Antes de falar do meu dia, quero deixar um recado para todas as mães que passam por aqui. Porque não tem dia certo pra dar os parabéns. Mãe é todo dia, toda hora, faça chuva, faça sol. Então hoje, que não é o Dia das Mães, mas é dia de ser mãe, eu desejo um ótimo dia a todas essas mulheres, que todos os dias abrem mão de um pedaço da sua vida para colocar uma pessoa neste espaço: nosso filho.

Também quero deixar outro recado, este é para as que ainda não são mães. Incluo nessa categoria as tentantes, “evitantes” e grávidas.  Se eu consegui, você consegue! Isso mesmo. Todo mundo sabe que eu estava na categoria das “evitantes” quando descobri que o Dudu estava chegando.  Até hoje eu escuto frases do tipo: “Nossa, eu esperava de todo mundo, menos de ti” e “Bia eu nunca imaginava que tu irias ser mãe”. Isso porque nunca fui vista como sentimental e jeitosa pra coisa. Mas sempre chorei nos comerciais mais tolos, novelas e filmes! Haha. Outra que escutei nesse fim de semana: “Percebi que os brutos também amam”. Né, Kris?

Bom, o que eu quero dizer com isso tudo. Não tenham medo, a coisa flui que é uma maravilha. Quando o Dudu nasceu eu senti que sabia exatamente o que fazer, em cada situação. Hoje ele é a minha grande motivação, razão do meu viver e maior amor do mundo. Digo isso sem medo.

Coisas que fizeram meu dia das mães valer a pena:

Feliz todo dia das mães!

Beijo grande.

 

Anúncios

5 respostas em “Todo dia é dia de ser mãe

  1. Emocionante!!!
    Amiga, és uma mãe TÃO maravilhosa! Orgulho! Inspiração!
    AMO vocês dois, muito!!!
    Beijos, Mari!

  2. Hhaahah, eu mesmo sou a prova viva de que, se a Bia pode, todas podem! Menos eu, é claro. Mas Bia, tu evoluiu muito daquela pessoa que fazia careta pras crianças na rua chorarem pra essa mãe legal e dedicada que tu conseguiu virar. Só olhar o Eduardo e toda a simpatia que ele oferece a todo mundo pra saber que tá em boas mãos.

  3. kkkkk….é mais ou menos por aí msm!!! igual eu,nunca imaginei q seria mãe um dia…e que mais incrível ainda…ADORARIA!!! sempre corri de crianças,nunca peguei nenhuma no colo…sempre fui dada como a insensível…
    agora..a cada choro não consigo parar de minha filha…choro junto!!!rsrsrs km diria….realmente ” os brutos tbm amam!!!” kkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s